domingo, 5 de maio de 2013

Versos para Renato Augusto

Cada segundo diz mais a mim
Do que mil versos sem rimas
Jogados ao vento, sem destino.
Sua presença inunda o tempo
Faz-me remediar o inevitável
Renascer o atraso
Acalmar a tempestade das horas!
Sinto como se ama o silêncio:
Do barulho se faz paz
Da guerra, o alento.
Com você ao lado
Toda ansiedade se corrompe
Para que a vista futura
Se esbalde em cantoria.
E, assim e enfim,
Nas suturas do coração
Se faça recalque
Harmonia
Amar!

Nenhum comentário: